Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Prefeito Sandro Maciel decreta situação de emergência em Araranguá

Publicado em 14/02/2014 às 18:34 - Atualizado em 14/02/2014 às 18:34


Créditos: Renata Rocha Baixar Imagem

Em função da decorrente chuva que castiga a região, muitos problemas foram registrados desde a madrugada desta sexta-feira, 14.

Em Araranguá, várias ruas ficaram danificadas, crateras se formaram nas ruas e a água invadiu casas. Às 7h integrantes do Núcleo de Defesa Civil da Barranca fecharam a comporta do bairro. A água do Rio Araranguá media 1,65m acima do leito neste horário. De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Paulo Roberto Oliveira, o nível do rio está subindo 10 cm por hora.

Em função dos estragos na cidade, o prefeito, Sandro Maciel e o vice-prefeito, Rodrigo Turatti, se reuniram no gabinete com o presidente da Câmara de Vereadores, Ozair da Silva (Banha), coordenador da Defesa Civil de Araranguá, Paulo Roberto Oliveira, chefe de Gabinete, Márcio Honório, secretário de Finanças, Valdelir Cesconetto, secretário de Administração, Fernando Marcelino, secretário de Obras, Albino R. Pereira, secretário de Assistência Social, Eduardo Merêncio (Chico), diretor Geral do Samae, Everson Casagrande (Polaco) e o diretor de Obras, Alfredo Afrânio Ronconi, para o direcionamento das ações, contabilizar prejuízos, verificar a situação da Cidade das Avenidas.    

Na reunião, o prefeito decretou situação de emergência e iniciou os trabalhos de atendimento às famílias que foram retiradas das áreas de risco. Equipes estão sendo formadas para atendimento e segurança destas pessoas. Os prejuízos ainda estão sendo contabilizados. Trinta e cinco militares do 28°GAC de Criciúma estão trabalhando na retirada de famílias das áreas alagadas. Elas estão sendo encaminhadas para o Centro Comunitário do bairro Vila São José.

A balsa que faz a travessia do Rio Araranguá não está em funcionamento. Ainda segundo o coordenador da Defesa Civil, choveu muito na região e a água irá desembocar no Rio Araranguá. “A chuva foi forte também em Timbé do Sul e Turvo por exemplo. Esta água vem toda para o rio. Algumas pessoas estão sendo retiradas das casas onde é área de risco, por medida de segurança e ainda há risco de enchente”, afirma.