---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


CRAS e sua missão em nossa cidade

Publicado em 29/05/2020 às 13:00 - Atualizado em 29/05/2020 às 09:59

Desde 2017 a gestão municipal através da Secretária de Assistência Social vem realizando reformas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

A Coordenadora do CRAS Hanna Arns, conta sobre as reformas realizadas. ''Essas reformas foram as trocas de forro, troca de telhados, mudança de piso, melhor climatização, novo contrapiso da entrada de todo o CRAS, bem como a pintura. Além disso, foi feito a compra de computadores para a sala de informática, para serem utilizados no serviço de convivência'', conta a coordenadora.

Hoje, o CRAS também pode contar com sala de recepção e sala de atendimento das técnicas. ''O nosso maior investimento foi no ano passado com o concurso público, quando conseguimos contar com duas assistentes sociais, uma pedagoga e uma psicóloga, tudo para a formação da equipe técnica aqui do CRAS'', conta Hanna.

CRAS, é o centro de referência a assistência social, ou seja, uma referência para a população carente. Sendo, o lugar que possibilita, em geral, o primeiro acesso das famílias aos direitos sócio assistenciais e, portanto, à proteção social básica.

É de extrema importância um CRAS dentro de um município, não importando o porte do da cidade, pois o CRAS vem fazer a prevenção a ocorrências de situações de vulnerabilidade social e levar aos usuários o acesso aos benefícios e seus direitos. Atualmente o Cras de Araranguá executa os seguintes serviços:

PAIF, serviço de proteção e tendimento integral a família, serviço obrigatório segundo a tipificação;

SCFV, serviço de convivência e fortalecimento de vínculos para a faixa etária de 06 a 17 anos e acima de 60 anos;

BPC, benefício de prestação continuada, encaminhamos e acompanhamos os usuários que se enquadrarem junto ao inss;

Benefícios eventuais, nas modalidades de auxílio fralda geriátrica, auxílio alimentar, auxílio-funeral e natalidade;

PETI – Programa de Erradicação do Trabalho Infantil;

Oficinas de informática para adultos, doações de roupas, kit bebê;

Para o SCFV, da faixa etária de 06 a 11 anos, é ofertado as oficinas de capoeira, informática, coral, passeios culturais;

Para o SCFV, da faixa etária de 12 a 17 anos, é ofertado as oficinas de capoeira, informática, dança, musicalização e karate, e passeios culturais;

Para o SCFV, da faixa etária a cima de 60 anos, é ofertado as oficinas de informática, além de palestras;

Para o grupo do PAIF, são proporcionados encontros semanais, a fim de orientar, informar e fortalecer os vínculos familiar e comunitário;

Doações de roupas e calçados, acontecem a cada dois meses para os usuários do bolsa família;

Oficina de informática, é ofertado a comunidade geral, com o objetivo ao acesso à tecnologia, ao sistema, a laboração de currículo, entre outros;

kit bebê, é ofertado as gestantes cadastradas no Paif, possuidora do cad único, a fim de auxiliá-las com o bebê no que se refere ao enxoval. Para tal é feito um acompanhamento no seu pré natal.

As formas de acesso do usuário até o CRAS de Araranguá é por procura espontânea, por busca ativa ( visita na comunidade e residência) por encaminhamento da rede socioassistencial (CREAS, MP, delegacia, conselho tutelar, etc), ou por encaminhamento das demais políticas públicas.

Atualmente, devido a pandemia, o CRAS está atendendo de forma remota o SCFV, a através de vídeo aulas realizadas pelas orientadoras sociais e os oficineiros.

O atendimento está sendo executado na forma de agendamento, pelo telefone (48) 3522-2239, no qual os usuários podem solicitar algum benefício.

 

Assessoria de comunicação